LA PASIÓN DE EVA PERÓN

No último domingo, no Complexo Cultural CEI, a IENH , através do grupo “NÃO TEMOS NOME AINDA”, apresentou o espetáculo “LA PASIÓN DE EVA PERÓN”, com direção de Fábio Ferraz. A peça conta a história emocionante de uma mulher que movimentou paixões e opiniões, marcando a história da Argentina, Evita.

María Eva Duarte de Perón, conhecida como Evita, foi uma atriz e líder política argentina. Tornou-se primeira-dama da Argentina quando o general Juan Domingo Perón foi eleito presidente.
A infância em Los Toldos e depois em Junin foi pobre. A mãe, Juana Ibarguren, era uma costureira, extremamente organizada e amante do estancieiro Juan Duarte, que tinha outra família, legítima, em Chivilcoy, com outros 6 filhos.
Quando Juan Duarte sofreu o acidente e morreu, Juana e os filhos com ele, Eva, Juancito, Elisa, Blanca e Erminda, todos ainda muito pequenos, saíram da zona rural onde moravam para visitar o pai morto e dar-lhe o último beijo. Foram escorraçados do velório pela viúva e pelos filhos legítimos dele. Juana bateu o pé e insistiu que os filhos tinham o direito de beijar o pai morto. Depois de negociações e para evitar bate-boca numa cerimónia fúnebre, foi-lhes permitido que o fizessem, na condição de em seguida sumirem dali.
Depois da morte de Juan, Juana mudou-se com os filhos, todos dele, para Junin, para fugir das humilhações da condição de amante.

Eva adolescente provinciana, sonhava em ser artista, ser uma estrela do teatro e do cinema. Tinha verdadeira paixão pela atriz norte-americana Norma Shearer, o modelo de mulher e de artista desde a infância.
Foi imbuída nesta vontade de vencer, de ser Norma, de rolar com meias longas de seda com costura atrás, cabelos louros cacheados, sobre altos colchões de mola e lençóis de cetim rosa e principalmente de ter uma identidade que a bastardia lhe roubou, que estimulou Eva a deixar Junin e partir para tentar a carreira de atriz em Buenos Aires.
Eva, pálida e morena, batia incansavelmente às portas dos teatros. Seu único trunfo, a obstinação. Fora a teimosia que se tornou lendária, ela não tinha grande coisa a oferecer. Sem real talento artístico nem extraordinária beleza, ela era ignorante, arredia. Às humilhações vividas, somaram-se outras. Histórias bastante banais: diretores que exerciam a sedução e amantes de algumas horas.

À mãe e às irmãs, que lhe suplicavam a volta para Junín, Eva respondia sempre: “Primeiro, a celebridade”.
Aos quinze anos de idade e acompanhada de Augustín Magaldi, cantor de tangos e amigo da família, considerado o Gardel do interior argentino, Eva parte para a capital. Em 1937 estreou no cinema no filme Segundos Afuera e, em seguida, foi contratada para fazer radionovelas.
O mais impressionante na história da vida de Eva foi o caminho meteórico que ela percorreu na vida pública. Entre a total obscuridade ao mais absoluto resplendor pessoal e político da vida e em seguida a morte, tudo ocorreu em apenas 7 anos.
Nesse curto período ela saiu do anonimato para se tornar uma das mulheres mais importantes e poderosas do mundo. Na breve existência (morreu aos 33 anos de idade de câncer) há muitos mistérios, muitos fatos obscuros mas há principalmente uma personalidade tragicamente marcante.

Quando escolhi ser “Evita” sei que escolhi o caminho do meu povo”.

Para ver mais fotos clique: Aqui

Ficha Técnica:

Elenco
Isabela Eckhard
Natália Bassani
Juli Arnold
Madu Costa Scheid
Henrique Amaral
Mateus Goldoni
Daniel Nunes
Júlia Cassel
Marina Bacher
Paulina Blauth
Isabella Pessin
Bruna Alvarez
Letícia Kunst
Eduardo Blauth
Santiago Blauth
Augusto Schmitz
Theo Cansi

Criação audiovisual
Leonardo Tagliari

Iluminação
Anderson Zang

Criação de Penteados
Elário Kasper

Assessoria histórica
David Nicolea

Preparação vocal
Joana Haar

Coregrafia
Alessandra Feltes

Auxílio de cenografia
Eliana Ennes

Pronúncia da Língua Espanhola
Raquel Meirose e Rita Cunha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s