Herança Sagrada a Côrte de Oxalá – Balé Folclórico da Bahia

A companhia Balé Folclórico da Bahia, aclamada mundialmente,  iníciou neste mês a turnê pelo sul do Brasil, com o patrocínio de O Boticário na Dança. A apresentação em Novo Hamburgo no Teatro Feevale foi no último dia 18/agosto.

“Esta turnê representa um trabalho árduo desenvolvido durante 25 anos pelo Balé. Manter uma equipe que se dedica à dança em regime integral, com intenso preparo técnico, físico e muita pesquisa, é uma luta diária. Poucas companhias de dança privadas sem patrocinador regular conseguem existir por tanto tempo, mantendo um nível de excelência técnica tão elevado e respeito do público e da crítica”, afirma Walson Botello.

O Ballé Folclórico da Bahia, única companhia de dança folclórica profissional do Brasil, foi criada em 1988 por Walson Botelho e Ninho Reis, e desde então vem construindo um significativo currículo de atividades, com destaque para os prêmios e turnês nacionais e internacionais onde se apresenta, além do prestígio refletido na resposta do público e da crítica especializada.

O natural aprimoramento técnico-interpretativo de seus profissionais deve-se ao fato de a Bahia ser a região do Brasil onde mais podemos encontrar manifestações populares no dia-a-dia. Esta é razão pela qual o Balé Folclórico da Bahia escolheu tais manifestações como tópico de suas pesquisas, demonstrando-as através da dança, música e outros aspectos que compõem o espetáculo e assegurando a autenticidade das coreografias apresentadas.

“É um espetáculo que trabalha bastante o lado religioso da nossa cultura afro-brasileira”, afirma Walson Botello.

Em “Herança Sagrada”, os bailarinos reproduzem com fidelidade sequências de movimentos de alguns dos mais importantes rituais do Candomblé, numa coreografia baseada em danças do culto afro-brasileiro. No palco, 26 bailarinos, músicos e cantores apresentam movimentos vibrantes e sonoridade arrebatadora. A segunda parte do espetáculo reúne coreografias clássicas do repertório do Balé, que traduzem as mais importantes manifestações folclóricas baianas, em “Puxada de Rede”, “Capoeira” e “Samba de Roda”, além de “Afixirê”, coreografia inspirada na influência dos escravos africanos na cultura brasileira.

Com o objetivo de preservar e divulgar no mais puro estado as principais manifestações folclóricas da Bahia, o Balé Folclórico da Bahia desenvolveu uma linguagem cênica que parte basicamente dos aspectos populares da cultura daquele estado, atingindo a contemporaneidade do mundo atual, porém sem perder suas raízes e não se distanciando da realidade nacional.

Baseado em Salvador, o Balé, fez sua estréia durante o Festival de Dança de Joinvile, mesmo antes do seu lançamento oficial, quando mais de 20.000 pessoas aplaudiram o espetáculo “Bahia de Todas as Cores“. O sucesso imediato propagou-se e trouxe convites para apresentações em outros festivais por todo o país.

“Afixirê”,”festa da felicidade” na língua Yorubá, traduz exatamente o que foi o espetáculo! Uma explosão de cores,ritmos e muita energia boa. Na platéia muitos grupos folclóricos gauchescos com trajes típicos e também grupos trajando roupas típicas da cultura afro prestigiavam o show que mostrou o que os baianos têm.

Lindo de ver… esse conjunto de culturas, que sintetizam as diversas etnias que formam o povo brasileiro!

Para ver mais fotos clique:  https://www.flickr.com/photos/catiadonaduzzi/albums/72157657508414272

FICHA TÉCNICA
Direção Geral: Walson Botelho
Direção Artística: José Carlos Arandiba (Zebrinha)
Direção Musical: José Ricardo Sousa
Assistentes de Coreografia: Nildinha Fonseca e Reinaldo Pepe
Técnico de Som: Edú Maia
Iluminador: Marcos Souza
Figurinos e Acessórios: Antônio das Graças, Ninho Reis, Walson Botelho e Zebrinha
Cenário em “Afixirê”: Alberto Pitta
Camareira: Patrícia Souza e Ruth Dantas
Técnicos de Palco: Carlos Matias e José Kracht
Professores: Zebrinha (Ballet Clássico e Dança Moderna), José Ricardo Souza (Dança Afro Religiosa) e Nildinha Fonseca (Dança Afro Brasileira)
Produção: Bianca Araújo
Assessoria de Imprensa Nacional: Carolina Campos

Elenco:

Bailarinos: Agatha Souza, Aloma Silva, Anderson Santos, Arismar Junior, Edemilson Andrade, Edileuza Santos, Ednei Cruz, Edvan Lima, Jadson Santos, Nildinha Fonseca (solista em Puxada de Rede e Afixirê), Noelson Souza, Reinaldo Pepe (solista em Afixirê), Priscila Vaz, Rose Soares (solista em Afixirê), Tamires Amorim, Tiago Lima, Wagner Santos Músicos: Alcides Morais, André Junior, Fábio Santos (solo de berimbau e conga), Joel Souza, José Ricardo Sousa Cantores: Dora Santana, João Gonzaga, Miralva Couto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s